Criação de sites em São Luís - MA e Brasília - DF

Ligue já: (98) 3301-4130
WhatsApp: (98) 98603-9373
  • Posted on:  Terça, 02 Fevereiro 2016 08:34
  • Written by 

Você provavelmente já reparou na tendência das marcas de criar e divulgar, de forma constante, conteúdo para o público em blogs, usando estratégias de marketing de conteúdo.

Você também já sabe que esse investimento é bem importante para ajudar na consolidação do seu negócio.

Só que entre as diversas questões que envolvem esse assunto está a própria estrutura da página.

Afinal de contas, o que é melhor para o SEO (Search Engine Optimization) do seu blog, o uso de um domínio ou de um subdomínio?

Então vamos hoje explicar direitinho sobre o funcionamento de cada um, vantagens, desvantagens e indicações d e uso:

 

O que é um domínio?

 

www.(nomedosite).(extensão).

Eis um dos códigos mais populares do mundo da internet.

O que eles representam é o registro e o nome aonde estão localizados o site, ou seja, o endereço de uma página, composto por WWW (abreviação de World Wide Web), somado ao Nome do Site escolhido (aqui em formato enxuto, sem espaços) e a uma extensão, que pode indicar a área de negócios e o país de localização.

Essas extensões são conhecidas como Top Level Domains (TLDs), separados em três diferentes categorias. São elas:

  • TLDs genéricos, ou domínios internacionais – .com, .net, .org, .int, .arpa, .biz, .info, .name e .pro. Opera sem organização patrocinadora, ou seja, possuem poucas restrições para domínio.
  • TLDs genéricos patrocinados – .edu, .gov, .mil, .aero, .coop, .museum, .jobs, .mobi, .travel, .tel, .cat e .asia. Usado quando o domínio representa a área ou comunidade do site em questão.
  • TLDs de duas letras: codificações para os mais de 250 países e territórios oficiais (.br para o Brail e .be para a Bélgica, por exemplo).

Para poder criar e usar esse endereço é necessário que você, usuário, registre esse nome junto a uma empresa do ramo, que trabalha como representante dos órgãos internacionais que controlam esse registro.

Geralmente esse serviço é pago.

Só que você pode estar se perguntando por que, em alguns casos, os endereços desses sites é composto por uma série de números separados por pontos (XXX.XX.XX.XX.XXX, por exemplo).

A questão é que cada servidor ou dispositivo (computador, smartphone, impressora) ligado à internet tem um endereço de IP (Internet Protocol) e esses são representados por conjuntos numéricos, uma forma de identificação.

A possibilidade de nomear um site ajuda – e muito! – na memorização e popularização.

 

O que é um subdomínio?

 

Agora que já pudemos entender de forma bem pormenorizada a questão dos domínios, fica muito (!) mais fácil a compreensão do subdomínio.

Ampliando o que aprendemos na escola, o sub é, na verdade, um prefixo que significa abaixo, embaixo.

Ou seja: é o domínio que está dividido em partes menores, todos dentro de um mesmo leque.

São muito usados para ramificar a página em áreas bem específicas.

Ou seja: se você tem um site – www.nomedosite.com.br -, esse é o seu domínio.

O subdomínio poderia ser blog.nomedosite.com.br ou suporte.nomedosite.com.br.

Assim você identifica os endereços de forma bem clara para quem for navegar na sua página.

 

As diferenças entre domínio e subdomínio

 

Bom, então, a partir do que pudemos entender sobre o assunto, existem algumas diferenças bem claras entre o domínio e o subdomínio.

A mais básica é a que envolve os mecanismos de busca (Google, Yahoo! etc.).

Normalmente, quem faz uma pesquisa na internet tem uma série de resultados para poder pesquisar.

E os domínios, quando diferentes, podem ou não aparecer (já que não estão ligados em um mesmo guarda-chuva).

Os subdomínios – mesmo sendo vistos como diferentes sites – possuem uma ligação intrínseca ao nome do site principal.

Outra diferença é no que se refere aos custos.

Enquanto os domínios devem ser todos registrados e mantidos (na maioria esmagadora das vezes envolvendo pagamento de taxas) os subdomínios, por fazerem parte de um mesmo site, não envolvem esses processos de registro e manutenção.

Mas você também pode usar um mesmo domínio com divisões internas, algo que também pode ser feito sem a necessidade de realizar novos registros e pagamentos.

 

Domínio ou subdomínio – escolha o melhor para o SEO do seu blog

 

À primeira vista pode até parecer que a escolha mais lógica seria o uso do subdomínio ao invés dos domínios.

Só que não é bem assim.

Na verdade, o subdomínio acaba não sendo uma forma de agregar mais resultados nas buscas orgânicas, por não serem considerados parte de um mesmo site.

Ou seja, se o objetivo da sua empresa para usar o blog é atrair mais visitantes para a sua página, o melhor talvez seja o investimento em divisões (chamadas tecnicamente de subpastas).

Sendo claros e objetivos: ao invés de criar o subdomínio blog.seusite.com, você investiria na subpasta seusite.com/blog.

Mas talvez você queira realmente popularizar os seus negócios e ao investir em subdomínios diferentes (com ótimos trabalhos de SEO separadamente) você pode dobrar ou triplicar as chances de ser encontrado pelos mecanismos de busca.

Como assim?

Explicamos: ao fazer trabalhos de produção de conteúdo, links com redes sociais e outras técnicas em subdomínios diferentes, você oferece mais sites para apresentar os resultados a partir dos termos de pesquisa.

Então, o que fica é que é fundamental pensar e traçar os objetivos do seu investimento em marketing de conteúdo.

E a partir daí planejar com extremo cuidado os seus esforços para conseguir atingir tudo o que foi proposto.

Os domínios e subdomínios possuem vantagens, desvantagens e diferenças claras, servindo a propósitos e caminhos distintos.

Caso ainda não tenha certeza, sugerimos ainda fazer alguns testes.

Sim, vai dar trabalho, mas a partir dele vai ficar mais fácil perceber, na prática, tudo o que um domínio ou um subdomínio pode fazer para conquistar o mercado e a clientela.

Então, o que você está esperando para conhecer e dominar o assunto e começar 2016 conquistando cada vez mais?

Fonte: http://marketingdeconteudo.com/dominio-e-subdominio/

Read 3290 times

2 comments

  • Comment Link Tomas Krauff Segunda, 11 Setembro 2017 13:35 posted by Tomas Krauff

    Excelente guia Jarrid. Estava na dúvida de como segmentar meu site, se usava subdomínios ou não, e pelo jeito acho que a melhor forma é manter tudo em subpastas, como o exemplo do /blog que você mencionou. Uma dúvida que tenho é se para registrar subdomínios deve-se pagar um valor diferenciado do registro de domínio? Hoje uso o registro de domínios da Hostinger para fazer todas minhas operações, e tem planos com o registro ilimitado de domínios, mas não sei se isso se aplica aos subdomínios também.

  • Comment Link Tomas Krauff Segunda, 11 Setembro 2017 13:35 posted by Tomas Krauff

    Excelente guia Jarrid. Estava na dúvida de como segmentar meu site, se usava subdomínios ou não, e pelo jeito acho que a melhor forma é manter tudo em subpastas, como o exemplo do /blog que você mencionou. Uma dúvida que tenho é se para registrar subdomínios deve-se pagar um valor diferenciado do registro de domínio? Hoje uso o registro de domínios da Hostinger para fazer todas minhas operações, e tem planos com o registro ilimitado de domínios, mas não sei se isso se aplica aos subdomínios também.

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Onde estamos

  • Av. Colares Moreira,
  • Ed. Office Tower, Sala 504
  • Bairro: Renascença
  • Cidade: São Luís - Maranhão
  • (98) 3301-4130 / 98603-9373
  • central@detalharweb.com.br

Somos uma empresa especializada em desenvolvimento de sites.
CNPJ: 13.798.270/0001-31

Localização

 

Newsletter

Receba novidades, promoções e artigos em seu e-mail.

 

© Copyright 2019 - DETALHAR - Criação de sites em São Luís - MA / Criação de site em Brasília - DF / Desenvolvimento de sites em Brasília - DF